Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Como quem não quer A Coisa

Como quem não quer A Coisa

19
Nov18

Voyeurismo

O Coiso

Como habitualmente, ele estava compenetrado no seu trabalho, afincadamente aguardando a hora de saída por forma a poder ir ter com os seus companheiros de fim de semana. A semana havia sido longa e já lhe fazia falta uma cerveja e duas gargalhadas. Pouco antes da hora normal, o seu telefone toca. Atende a chamada e a sua colega do andar de baixo pergunta-lhe se ele se importa de passar na secretária dela. Coisa rápida. 

Contrafeito, ele levanta-se e lá vai, deparando-se com um simples caso de erro de comunicação com um cliente que havia levado a um email menos cordial. No processo, ele repara que a colega, certamente por hábito, está a mexer no decote. Estando ele a olhar por cima do ombro, é-lhe complicado abstrair-se do movimento. No entanto, esforça-se por resolver o problema a contento, o que consegue. Com um sorriso e um agradecimento, a colega despede-se dele com um "até já" que, se não fossem quase seis da tarde, seria normalíssimo.

Chegado ao seu posto, recebe uma mensagem da colega no Whatsapp:

"Gostaste do que viste?"

Fazendo-se de desentendido, ele pergunta do que ela está a falar e recebe como resposta uma fotografia do decote. Ele olha em volta, percebe que está sozinho na sala e começa ali uma conversa animada com mais algumas fotografias, cada vez mais arrojadas, de um e do outro.

Completamente excitado, ele vai à casa de banho, despe-se e tira uma fotografia dentro da cabina. Em resposta, recebe uma chamada de imagem. Ela está sentada no lugar dela e pede-lhe para se masturbar. Ali e agora. Para ela. Entrando no jogo, ele pede para ela lhe dar um pouco de ânimo e ela, fingindo-se aflita, diz que ali não pode. Ele pede-lhe para ir para a casa de banho das senhoras e ela levanta-se para satisfazer-lhe o pedido. Nesse momento, ele começa a massajar-se devagar. Ela parece estar a gostar do que está a ver por isso ele confiantemente continua.

Já na casa de banho, a atenção dela desvia-se para uma pessoa que lá estava, pelo que ele pára e aguarda que ela retorne. Alguns segundos depois, a cara dela aparece no ecrã novamente e faz-lhe o sinal de "silêncio", com um dedo em frente à boca. Ele assente com a cabeça, apoia o telefone no suporte do papel higiénico e recomeça a masturbar-se. Ela gosta da ideia, faz o mesmo e começa a despir-se devagar, sorrindo maldosamente para o facto de ele estar cada vez mais excitado e com dificuldades em conter-se.

Quando ela baixa as costas e se vira de costas para ele revelando o seu magnífico rabo, ele tem que parar. Está quase a vir-se. Ela curva-se para a frente e baixa o fio dental devagarinho e ele suspira. Está a tornar-se cada vez mais difícil. Então ela vira-se de frente e começa ela também a masturbar-se. A sua cara cada vez mais aflita revela que também ela está a ter dificuldades em manter-se silenciosa com os seus dedos enfiados cada vez mais fundo na cona molhada.

Ele faz-lhe sinal de que não está a conseguir aguentar mais e ela faz que sim com a cabeça, num acordo tácito de que ele está autorizado a vir-se. Nesse momento ele senta-se na sanita e acelera a massagem, rapidamente atingindo o orgasmo e vindo-se furiosamente para o chão. Ela olha em silêncio, com a boca bem aberta, enquanto continua a enfiar rapidamente dois dedos cada vez mais molhados e, com a outra mão, torce ligeiramente o mamilo. É neste momento que também ela atinge o seu orgasmo e, estremecendo de prazer, se esforça por apenas suspirar.

Sorrindo um para o outro, desligam a chamada e voltam para os seus lugares. A relação profissional deles nunca mais vai ser a mesma...

 

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Favoritos

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D