Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Como quem não quer A Coisa

Como quem não quer A Coisa

08
Jan21

Sensações

O Coiso

Image

Dança para mim, meu amor. Delicia-me com os teus movimentos de ancas, mostra-me toda a tua sensualidade e deixa-me doido por ti. Põe uma música sensual, começa a despir a tua roupa, peça a peça, olha-me nos olhos enquanto o fazes e deixa-me a aguar de desejo por ti.

Faz de mim o teu Johny, que quando terminares eu faço de ti a minha puta. Vou-te montar como tu gostas e entrar dentro de ti devagarinho, deixando que toda a tua humidade me rodeie o pau, todo o teu canal a apertar-me como um torno, o teu ponto G a ser cutucado pelo meu cogumelo.

Arranha-me as costas, mas sem deixar marcas. Só para eu sentir a dureza das tuas unhas na minha pele máscula. Para eu ficar ainda mais animado e ganhar mais ímpeto para entrar dentro de ti mais rapidamente e com mais assertividade.

Apalpa-me o rabo, sabes que é assim que eu gosto. Aperta-mo quando eu saio, empurra-mo quando eu vou para dentro de ti. Ajuda-me a fazer o teu orgasmo mais potente, mais rápido e mais duradouro.

Geme ao meu ouvido, grita o meu nome, diz-me o quanto te está a saber bem, da forma mais porca possível. Não precisas de estar sempre a falar, de estar constantemente a dar instruções ou de acordar todo o prédio. Mas não quero uma boneca sexual, parada e calada. Quero que me mostres que estás a gostar de todas as formas possíveis.

No fim, abraça-me e beija-me apaixonadamente. Quero sentir que sou mais que uma simples foda ou um providenciador de orgasmos para ti. Quero que mostres que não queres que me vá embora, mesmo que ambos saibamos que tenho que ir. Quero que me peças mimo, beijos, mais mãos pelo teu corpo.

Repete todos os pontos o maior número de vezes que conseguires. Usa e abusa de mim, do meu corpo e da minha mente!

29
Nov18

Brincadeiras matinais

O Coiso

Acordaste bem disposta naquele sábado de manhã, despachaste-te da casa de banho e foste à cozinha fazer o pequeno almoço. Quando retornaste com o tabuleiro com o café da manhã e a torrada a escorrer manteiga para os dois, acordaste-me de forma doce. Também eu fui rapidamente à casa de banho e depois saborear aquela surpresa magnífica. É sempre óptimo quando me fazes este tipo de surpresas. Gosto tanto, que a minha vontade é encher-te de beijos. 

Tento fazer isso... E tu foges de mim. Levanto-me, ponho os tabuleiros no chão. Dou a volta à cama e não te deixo fugir. Agarro-te, tu finges que queres fugir e eu beijo-te. Rapidamente os teus braços se colocam em torno do meu pescoço. A minha mão percorre as tuas costas no sentido Norte/Sul e, quando te aperto docemente as bochechas do rabo, gemes baixinho, suspiras fundo e trincas-me o lábio. Encostas-te mais a mim e sentes que uma protuberância se começa a formar nos meus boxers.

Pego em ti e deito-te na cama... Vai ser um início de manhã ainda melhor!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D